Início » Blog » Cristãos Discípulos

Cristãos Discípulos

Discípulos Cristãos
Por muito tempo Deus falou ao Povo Eleito na voz de profetas. Depois nos enviou a Sua Palavra no Filho. Jesus e os profetas foram ouvidos por poucos. A voz dos profetas não chegou até nós. A voz de Jesus não durou muito tempo e não foi muito longe. Mas Ele deixou mensagens que foram escritas por seus discípulos nos livros do Novo Testamento.
O Cristo veio falar a todos os homens de boa vontade, para todos aqueles que desejam saber. Entregou a sua mensagem aos discípulos que fizeram a Palavra de Deus chegar a todos que a procuram conhecer nas suas pregações e nos textos escritos por eles para todos os tempos.
Apenas na fé podemos saber que na Bíblia temos a Palavra de Deus, e que Deus nos falou em Jesus. Somente a fé nos pode levar ao encontro do Cristo para tornar-nos seus discípulos.
Deus amou tanto o mundo que nos enviou seu Filho para que possamos crer e ter com ele a vida eterna. (João 3,4, tradução própria) Deus nos deu o grande dom da fé no CRISTO que veio ao mundo para estar conosco. Amor procura proximidade. Quer conviver.
A presença visível do Filho de Deus na natureza humana durou pouco mais de trinta anos. A sua ação de pregador durou apenas uma década, quase toda dentro das fronteiras da Palestina, pequena província remota do grande Império Romano,
Mas Ele veio ficar com todos que desejam a sua presença. Para estar com todos que o procuram, Jesus inventou o Sacramento da Comunhão com Ele na Eucaristia.
A pregação de Jesus durou pouco, e foi ouvida quase só nas terras dos Judeus. Mas Ele deixou mensagens que foram escritas por seus discípulos para alcançar o mundo inteiro até o fim dos tempos. Deixou a Igreja com a Missão de anunciar o Evangelho a todos que desejam conhecer, e para continuar a sua presença sacramental na Comunhão da Eucaristia, em todo tempo e lugar, com quem quiser estar com Ele.
O grande privilégio de conhecer a sua mensagem e conviver com Ele nos Sacramentos não nos deve levar a pensar que somos melhores que outros, mas deve ser motivo de gratidão. Precisamos cuidar da nossa missão de partilhar os dons recebidos. Tal missão não pode ser apenas coisa de Padres e Bispos. É da Igreja toda.
Jequié, 08 06 2015 + Cristiano, aposentado, mas ainda não parado.


CRISTÃOS DE PAZ SOMOS DA PAZ, ainda mais neste ano dedicado à PAZ pela CNBB. Queremos criar um País de Paz e Amor e colaborar na construção de um mundo de paz e fraternidade no mundo inteiro.
Paz de Cristãos não pode ser apenas ausência de Guerra. Nossa paz é muito mais.
Existem diversos tipos de paz:
1) A paz imposta por vencedores a derrotados. O Império Romano conquistava muitas terras com o pretexto de levar a paz a todos. Os Romanos tiravam proveito das divisões existentes nos povos ao norte dos Alpes para conquistar aquelas terras e enquadrá-las na Paz Romana.
2) A paz do domínio de Monarquias e Oligarquias com leis ditadas por elas e Governos escolhidos por minorias sem eleição direta pelo voto popular.
3) A Paz de Democracias com leis criadas por Representantes do povo eleitos para isso e Governos também eleitos pelo voto livre da maioria.
Mas a Paz é muito mais. Exige Justiça e Fraternidade. Viver é Conviver. Conviver em paz é viver uma vida fraterna com amor.
✝ Dom Cristiano Krapf
publicado em: 09/06/2015